segunda-feira, 15 de abril de 2019

Close-up – Observatório de Cinema de Vila Nova de Famalicão Episódio 3.3 – 10 e 11 de Maio

Close-up – Observatório de Cinema de Vila Nova de Famalicão
Episódio 3.3 – 10 e 11 de Maio

Nesta terceira e última réplica do terceiro episódio, com o quarto episódio no horizonte de Outubro, promovemos o cruzamento e encontro de vários públicos, com três propostas: percurso diarístico por locais e emoções de Dídio Pestana em SOBRE TUDO SOBRE NADA, um portal no tempo de aventura e fantasia em MIRAI numa sessão para famílias e o fecho das Histórias do Cinema do gigante Mizoguchi, que vimos olhando desde Outubro passado, com A MULHER DE QUEM SE FALA.

  

10.Mai – 21h30 (PA)SOBRE TUDO SOBRE NADA de Dídio Pestana (secção Fantasia Lusitana) – comentado por Tânia Leão;

Amor encontrado e amor perdido, famílias que começam a desaparecer e famílias ainda por construir, memórias que se tornam diluídas e coisas impossíveis de esquecer, o mar de Portugal, os lagos de Berlim, o fardo de um passado colonial compartilhado numa viagem para além da zona de conforto, novas casas, novos finais, novas vidas, demonstrações, jogos de basquetebol, solidão e amizade. Tudo de que a vida é feita, tudo o que carregamos connosco, tudo o que deixamos para trás… SOBRE TUDO SOBRE NADA regista para o futuro num formato do passado. Rodado em Super 8 entre 2010 e 2018, em Portugal, Alemanha, Dinamarca, Suíça, Itália, Guiné-Bissau, Argentina, Bolívia, Peru e Chile, leva-nos numa jornada biográfica sinuosa através de algumas das memórias do realizador.

Título original: Sobre Tudo Sobre Nada (Portugal, 2018, 87 min.)
Realização: Dídio Pestana
Classificação: M/12

Loves are found and lost. Families disappear and start. Houses, denouements, solitude, friendship. All that we keep, and all that we leave behind. Shot on Super 8, a film by Dídio Pestana

11.Mai – 15h00 (PA)MIRAI de Mamoru Hosoda (secção Sessões para Famílias);

O filme segue um menino de quatro anos que luta para lidar com a chegada de uma irmã mais nova. Um jardim misterioso no quintal da casa do menino torna-se um portal que lhe permite viajar no tempo até à altura em que a sua própria mãe era pequena e o avô um jovem. Essas aventuras repletas de fantasia permitem que a criança mude a sua forma de ver e ajudam-no a preencher o papel de irmão mais velho. Nomeado para o Óscar e Globo de Ouro na categoria de animação, uma história sobre ciúme e aceitação, com assinatura do japonês Mamoru Hosoda ("O Rapaz e o Monstro").

Título original: Mirai (Japão, 2018, 98 min.)
Realização: Mamoru Hosoda
Interpretação: Moka Kamishiraishi, Haru Kuroki, Gen Hoshino, Kumiko Aso
Classificação: M/6

Mirai is a 2018 Japanese animated film written and directed by Mamoru Hosoda and produced by Studio Chizu, in a family program.

  

11.Mai – 17h30 (PA)A MULHER DE QUEM SE FALA de Kenji Mizoguchi (secção Histórias do Cinema).


Hatsuko Umabuchi é uma viúva proprietária de uma próspera e requintada casa de gueixas de Quioto. A filha, Yukiko, regressa de Tóquio, onde estudara música, depois de uma tentativa falhada de suicídio porque o noivo a deixou quando descobriu qual era a profissão da mãe. Hatsuko tem nesse momento uma ligação amorosa com um jovem médico, Matoba, responsável pela saúde das gueixas. O médico sente-se atraído por Yukiko, que inicialmente o rejeita por o associar ao negócio da mãe. No entanto, os seus sentimentos alteram-se gradualmente na ignorância de que ele é amante da mãe. Para Dario Tommasi, o tema central de "Uwasa no Onna" é "a formação de um par feminino que através da solidariedade mútua tenta resistir ou simplesmente sobreviver num mundo injusto e opressivo".

Título original: Uwasa No Onna (Japão, 1954, 84 min.)
Realização: Kenji Mizoguchi
Interpretação: Kinuyo Tanaka, Tomoemon Otami, Yoshiko Kuga
Classificação: M/12

The Woman in the Rumor is a 1954 black-and-white Japanese film directed by Kenji Mizoguchi.

Bilheteira Sessão para Famílias
Geral: 2 euros
Cartão quadrilátero, estudantes, seniores, associados de cineclubes: 1 euro

Bilheteira Sessões
Geral: 2 euros
Cartão quadrilátero: 1 euro
Entrada livre: estudantes, seniores, associados de cineclubes

ALENTO de Pedro Ramos | Casa das Artes de Famalicão.


Comemoração do 18º aniversário da Casa das Artes de Famalicão

1 - ALENTO

Coreografia Pedro Ramos

Coprodução Cineteatro Avenida, Casa das Artes Vila Nova de Famalicão.

31 de Maio| 6.ª | 21h30| pequeno Auditório

Dança / Performance

Entrada: 5 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural: 2.5 Euros

M/6

Duração: 60 min

O sopro que expande e aprofunda, excita e fecunda a consciência no seu suporte - o corpo. Esta Consciência impele-o a experimentar-se, a recriar-se e a redefinir-se sobre o que é. Molda a substância do entendimento, do sentir e intuir. Vai, tal como as gotas de água escavam caminhos na rocha, abrindo brechas de percepção no tecido do real, criando e talhando constantemente formas renovadas de redefinir o apreender do si mesmo. O trabalho explora e investiga o segredo latente na substância da qual somos feitos. Que caminhos se abrem quando escutamos o percurso da vida? Quando navegamos no corpo (e pelo corpo), nos vincos, correntes, ondas e marés da sua substância, que padrões, texturas, formas e movimentos são revelados? O corpo é o cruzamento de linhas de força, de significado e sentido. Alento é uma dança que se adivinha num itinerário possível por esses percursos, no sentido de uma auscultação sobre a verdade e significado da nossa condição, sobre a história da evolução da substância que nos constitui, que deu origem à vida e à consciência.

Ficha artística

Concepção Artística, Coreografia e Interpretação / Pedro Ramos
Interpretação / Pedro Ramos e Sandra Rosado
Composição Musical / Paulo Maria Rodrigues e Pedro Ramos
Desenho de luz / Pedro Ramos e João Cachulo
Construção dos Objectos Cénicos / Miguel Ferraz, Pedro Ramos
Produção e Gestão / Filipe Metelo e Patrícia Soares (Produção d’Fusão)
Produção / Ordem do O
Co-Produção / Cine-Teatro Avenida, Casa das Artes - Vila Nova de Famalicão
Projecto Alento co-financiado pela Direcção-Geral das Artes, Ministério da Cultura - Governo de Portugal
Consultores e Colaboradores / Carlos Ramos, Cláudia Galhós, Luca Aprea, Alvaro Fonseca, Carlos Andrade

Alento is a contemporary dance performance conceived by Pedro Ramos.

2 - Concertos 1 de junho 

Sérgio Godinho | 21h30 | Grande Auditório.

Frankie Chavez a solo | 23h30 | Foyer.

Entrada: 15 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural: 7.5 Euros

M/6

DAMAS DA NOITE de Elmano Sanches | Coprodução Culturproject, Lobo Solitário, TNSJ, TNDMII e Casa das Artes de Famalicão.


DAMAS DA NOITE de Elmano Sanches

Coprodução Culturproject, Lobo Solitário, TNSJ, TNDMII e Casa das Artes de Famalicão.

Teatro

24/25 de Maio | sexta / sábado | 21h30| Grande Auditório

Entrada: 8 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural: 4 Euros

M/16

Duração: 90 min

Elmano Sancho evoca a conflituosa reviravolta de expetativas em torno do seu nascimento para levantar o véu de “Damas da Noite”, o seu novo espetáculo: os pais esperavam uma menina, de nome já destinado, Cleópatra, mas nasceu um menino. O encenador pretende, assim, dar vida a esse outro desejado de si mesmo, como se este fosse uma espécie de duplo e existisse numa realidade paralela que “Damas da Noite” encena. Para erguer essa figura ficcionada chamada Cleópatra, Elmano Sancho imergiu no mundo fascinante e provocador do transformismo. Os artistas transformistas “vestem a pele de um outro, tentam ser um outro. São “flores que se abrem de noite”, intérpretes de uma transformação “pautada pela transgressão, o desconforto, a ambiguidade, a brutalidade dos corpos e a violência das emoções”. Através dessa interpretação paradoxal da diferença, “Damas da Noite” explora a presença ou ausência de fronteiras entre realidade e ficção, ator e personagem, homem e mulher, teatro e performance, tragédia e comédia, original e cópia, interior e exterior, dia e noite. Nesse jogo de relações, aposta-se a identidade como matéria fluida, “rimbaudiana”, revelando o outro que somos, o estrangeiro que albergamos.

Texto e encenação Elmano Sancho

Interpretação Elmano Sancho, Dennis Correia aka Lexa Black e Pedro Simões aka Filha da Mãe.

Espaço Cénico Samantha Silva

Iluminação Alexandre Coelho

Assistência de encenação Paulo Lage

Confeção de Figurino Elmano Sancho Olga Amorim

Produção executiva Nuno Pratas

Coprodução Culturproject, Lobo Solitário, TNSJ, TNDMII e Casa das Artes de Famalicão.

Apoios Wig By Choice

Parcerias: Associação Plano I, Abraço, ACEGIS

Damas da Noite it’s a play is a staged by Elmano Sanho, about the boundaries between reality and fiction, original and copy.

EDGE ON TOUR 2019 De 15 a 19 de Maio na CASA das ARTES de Vila Nova de Famalicão, com espetáculos e workshops. Companhia de Dança Contemporânea de Londres - EDge.


EDGE ON TOUR 2019

De 15 a 19 de Maio na CASA das ARTES de Vila Nova de Famalicão, com espetáculos e workshops.

Companhia de Dança Contemporânea de Londres - EDge  - www.theplace.org.uk



Performance na Praça D. Maria II

15 de Maio |4.ª feira| 11h00| Praça D. Maria II

M/6

Duração: 30 m



EDGE Performance no Grande Auditório

16 de Maio |5.ª feira| 21h30| Grande Auditório

Entrada: 8 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural: 4 Euros

M/6

Duração: 70 m



Performance na Praça D. Maria II

17 de Maio |6.ª feira| 11h00| Praça D. Maria II

M/6

Duração: 30 m



EDGE Espetáculo Final no Grande Auditório

18 de Maio |sábado| 21h30| Grande Auditório

Entrada: 4 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural: 2 Euros

M/6

Duração: 70 m



A Companhia de Dança EDge apresenta um poderoso programa com contribuições de três coreógrafos internacionais, vencedores de vários prémios: Hagit Yakira (Israel), Fabio Liberti (Itália) e Jorge Crecis (Espanha).

Embarcando numa profunda viagem pessoal e colaborativa, que celebra a vida, a morte e os desafios que acontecem durante o caminho, os jovens bailarinos trazem humor, deleite e entusiasmo ao placo enquanto desempenham três performances distintas.

Edge tem construído uma reputação por juntar novos estilos de dança executados por jovens bailarinos no início da sua carreira. Este ano, 13 talentosos bailarinos reúnem-se, vindos de países como Canadá, França, Espanha, Estados Unidos da América e Reino Unido.

A Tour de 2019 protagoniza uma residência criativa em Portugal, assim como performances públicas em países por toda a Europa, incluindo Finlândia, Escócia e Áustria e ainda três noite em “casa”, no “The Place”, em Londres.

Diretor Artístico: Jeanne Yasco

Bailarinos: Nicola Adilman, Natasha Arcoleo, Olivia Arendt, Beatriz Calzado Bidault, Kate Forster, Harry Galloway, Taylor Han, Tylee Jones, Alice Lambert, Jocelyn Mah, Anna McSorley, Jacob Elliott Roberts, John Sawney.

EDGE, London Contemporary Dance School’s unique postgraduate dance company present a vibrant mixed bill of three specially commissioned new works.

MUSICA PARA FAMÍLIAS 2019 | 4º CICLO DE CONCERTOS PROMENADE DA CASA DAS ARTES DE VILA NOVA DE FAMALICÃO


MUSICA PARA FAMÍLIAS 2019

4º CICLO DE CONCERTOS PROMENADE DA CASA DAS ARTES DE VILA NOVA DE FAMALICÃO

"Concertos para Instrumentos de Tecla e Orquestra".

Orquestra Sinfónica ESPROARTE, Piano Pedro Teixeira e Manuel Araújo, maestro Gustavo Delgado

12 de maio| domingo| 11h30 | Grande Auditório 

Entrada: 4 EUROS/ Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural: 2 Euros

M/4 -Duração: 70 min

Programa.



CASA DAS ARTES organiza em coprodução com a APROARTE - Associação das Escolas Profissionais de Música os Concertos para as Famílias 2019.

RUI MASSENA BAND| Apresentação do novo trabalho III. Casa das Artes de Famalicão.


RUI MASSENA BAND

Apresentação do novo trabalho III

Musica

11 de maio| Sábado | 21h30 |

Entrada: 14 euros. Estudante e Cartão Quadrilátero Cultural: 7 Euros

M/6

Duração: 80 min

Rui Massena acabou de editar "III", novo trabalho que mereceu selo internacional da prestigiada Deutsche Grammophon, talvez a mais importante marca do universo da música erudita. O trabalho de composição de Rui Massena e a fixação em disco que ocorreu entre Berlim e o Porto e que contou com Tobias Lehman e Mário Barreiros como grandes aliados será agora levado para o palco, com o compositor e pianista a voltar a contar com o apoio imprescindível da sua Band. "Desde os primeiros espectáculos com a Band que fui amadurecendo o material que depois gravámos no Porto. Agora está na hora de o acolher de novo no palco", refere Rui Massena. "Este trabalho contém uma intenção sonora muito diferente pelo que o concerto irá reflectir isso mesmo, essa procura de novos caminhos para a minha música". Rui Massena pretende apresentar "III" na íntegra sem esquecer alguns dos mais importantes trabalhos dos seus dois primeiros álbuns e até, vai avisando, "um par de inéditos que podem sempre ser oportunos". Com o seu piano, electrónica elegante e subtil, novas composições e a já muito rodada Band com que Rui Massena possui uma relação quase telepática, o concerto em torno do material de "III" promete ser o mais ambicioso da carreira do aplaudido compositor.

Rui Massena has just published "III", a new work that received the international seal of the prestigious Deutsche Grammophon. This concert will be around the material of "III”.

CAPITÃO FAUSTO Apresentação do novo trabalho A INVENÇÃO DO DIA CLARO | Casa das Artes de Famalicão.


CAPITÃO FAUSTO

Apresentação do novo trabalho A INVENÇÃO DO DIA CLARO

Musica | Pop

4 de maio| Sábado | 21h30 | Grande Auditório

Entrada: 14 euros. Estudante e Cartão Quadrilátero Cultural: 7 Euros

M/6

Duração: 80 min

A história de Tomás, Salvador, Francisco, Manuel e Domingos tem o seu primeiro capitulo em 2011, com “Gazela” – o Álbum de estreia. Ali encontramos a urgência das canções juvenis, dos hinos pop que se cantam e sabem sempre a pouco.

Em 2019 revelam “A Invenção do Dia Claro”, quarto disco de originais dos Capitão Fausto. Gravado nos Red Bull Studios São Paulo por Rodrigo "Funai" Costa, assistido por Alejandra Luciani e Fernando Ianni foi produzido e misturado em Alvalade pela própria banda. A masterização esteve a cargo de Brian Lucey no Magic Garden Mastering em Los Angeles. A capa é da responsabilidade de Vitor da Silva, ilustrador e designer gráfico responsável pela criação do grafismo de jornais notáveis como o “Expresso”, o “Tempo” e "Correio da Manhã".

“Sempre Bem”, “Faço As Vontades” e “Amor, a nossa vida” mostram uma banda que renasce a cada disco, que se renova com o cuidado de quem quer construir uma carreira sólida, de uma forma aparentemente galopante mas sem o torpor do deslumbramento.

Apaixonados por Cartola, samba e choro, foram ao Brasil apostados em reinventar-se. 2019 prepara-se para receber de braços abertos, o regresso de uma das bandas mais importantes da sua geração.

Fado no Café da Casa | Fadista- Maria do Sameiro Guitarra Portuguesa – Miguel Amaral Viola de Fado – André Teixeira. Casa das Artes de Famalicão.


Fado no Café da Casa

Musica/ Fado

3 de maio | sexta| 22h00 | café concerto

Entrada: 3 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural: 1,5 Euros

M/6

Duração: 80 min

 Fadista- Maria do Sameiro

Guitarra Portuguesa – Miguel Amaral

Viola de Fado – André Teixeira

 Enaltecendo o Fado, a Casa das Artes irá celebrá-lo-á mensalmente e além de receber fadistas consagrados, será dada a oportunidade a novos intérpretes, músicos e até compositores. No Café Concerto decorrerão estas noites de fado, como se de uma típica e tradicional tasca de se tratasse, elevando e acompanhando o reconhecimento do “nosso” Fado, como Património Imaterial da Humanidade, atestado pela UNESCO.

 Fado in the café-concerto

INSENSATOS a partir de Antígona de Sófocles. Casa das Artes de Famalicão


INSENSATOS a partir de Antígona de Sófocles

Dramaturgia e Encenação de João Castro .

Coprodução Casa das Artes de Famalicão e ACE Escola de Artes – Famalicão | Alunos do 1º ano do Curso Profissional de Artes do Espetáculo-Interpretação.

2 e 3 de maio | quinta e sexta| 21h30 | Grande Auditório

Teatro

Entrada: 4 euros. Estudantes Cartão Quadrilátero Cultural: 2 Euros

M/12

Duração: 70 min

Sinopse

“Insensatos” trata de pessoas comuns presas a uma justiça sem direito a zona cinzenta. a batalha do bem e do mal, do certo e do errado aparece nos corpos dos actores em si mesmos antes de entrarem em conflito; “o corpo não se via” acaba por se tornar ideia invertida ou subvertida da dramaturgia de Sófocles. Mas “Insensatos” trata-se também de poder e retórica (de poder por retórica e da retórica como forma de poder) quase sempre espartilhados em cenas entre duas personagens assistidos por um grupo de espectadores que insistem em não tomar parte na ação. Finalmente trata-se de orgulho e da inevitabilidade trágica quando se perde a perspectiva do outro, individual ou colectivo.

“Bom seria que um homem pudesse, por natureza, ser sábio em tudo, mas, como assim não é, também é bom aprender com quem fala bem.”



Ficha de técnica

a partir de Antígona de Sófocles
Tradução: Marta Várzeas
Dramaturgia e Encenação: João Castro
Cenografia: Alunos de Mestrado De Design De Interiores da ESAD
Orientação de Cenografia: Ana Gormicho
Figurinos: João Castro
Execução de Figurinos: Maria da Glória Costa
Apoio Figurinos: Lola Sousa
Desenho de Luz: José Diogo Cunha
Direção Musical: Sofia Faria Fernandes
Vídeo: João Faustino
Assistência de Encenação: Rafaela Sá
Fotografia de Cena: Pedro Figueiredo
Fotografia de Cartaz: Helena Machado
Apoio a Cabelos: José Resende
Agradecimentos: Maria Milano e João Gomes (ESAD)
Direção de Produção: Glória Cheio
Produção: João Faustino
Direção Executiva: Liliana Moreira

com: Ana Peixoto, Rita Silva, Andreia Pereira, António Barata, Bárbara Oliveira, Beatriz Pinho, Beatriz Costa, Bruno Monteiro, César Reguengo, Gabriela Ferreira, Gonçalo Mendes, Inês Ferreira, Inês Sousa, João Silva, Juliana Couto, Lúcia Barbosa, Márcia Azevedo, Margarida Sampaio, Rute Sousa, Sérgio Ferreira, Silvana Correia, Sofia Silva, Diana Santos

Insensato  it’s an adaptation of Antígona by Sófocles,  staged by João Castro with the students of the ACE - Professional Scholl of Arts of Famalicão.

“Inúmera Mão" na Casa das Artes de Famalicão


Título: “Inúmera Mão"

Instalação do Projeto Orizuro

Dia 6 de abril a 31 de Maio | Foyer

 “Inúmera Mão” é uma instalação artística que reúne os contributos de crianças, famílias e profissionais que participam no Projeto Orizuro.

Orizuro propõe uma intervenção ao nível das práticas artísticas e da educação ambiental através de ações formativas, de performances e de um conjunto de objetos cénicos e escultóricos de natureza sonora e visual, fazendo lembrar a necessidade de escutar os pássaros. Em Jardins de Infância e escolas, esses objetos vão sendo transformados pela mão de crianças, seus Pais e educadores, integrando depois "Inúmera Mão".

A instalação resulta, assim, de um processo partilhado em que se dá asas à imaginação, convocando a força e a beleza de uma vontade coletiva.

Cuidemos dos pássaros.



“Inúmera Mão” it’s an art installation that brings together the contributions of children, families and professionals who participate in the Project “Orizuro”.

POÉTICA da PALAVRA | Encontros de Teatro 2019. 2º capítulo .

Terminou ontem, dia 12 de abril, o 2º capítulo da POÉTICA da PALAVRA | Encontros de Teatro 2019.
Queremos agradecer ao público que esteve presente e nos acompanhou nestes dias, nas conversas, nas sete apresentações dos vários projetos de teatro.
Agradecemos a todos os envolvidos nesta Poética da Palavra: Ángel Fragua; Mara Correia; Teresa Arcanjo; Luís Mestre; Pedro Lamares; Emília Silvestre; Pedro Galiza; Daniel Silva, João Castro; Ivo Alexandre; Anabela Faustino; Jacinto Lucas Pires; Helena Machado e toda a equipa da Casa das Artes.
Voltamos em 2020. A todos muito Obrigado !
POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Ángel Fragua/ Stand Down

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Ángel Fragua/ Stand Down

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Ángel Fragua/ Stand Down

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos (moderador), Ángel Fragua (ator) e Mara Correia (Encenadora)


POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos (moderador), Ángel Fragua (ator) e Mara Correia (Encenadora)


POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos (moderador), Ángel Fragua (ator) e Mara Correia (Encenadora)


POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos (moderador), Ángel Fragua (ator) e Mara Correia (Encenadora)

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Ángel Fragua/ Stand Down

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Teresa Arcanjo/ O Anjo

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , luís Mestre (moderador), Teresa Arcanjo (Atriz) e Ángel Fragua (Encenador).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Teresa Arcanjo/ O Anjo

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Teresa Arcanjo/ O Anjo

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Teresa Arcanjo/ O Anjo

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Teresa Arcanjo/ O Anjo

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , luís Mestre (moderador), Teresa Arcanjo (Atriz) e Ángel Fragua (Encenador).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , luís Mestre (moderador), Teresa Arcanjo (Atriz) e Ángel Fragua (Encenador).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Pedro Lamares/ Ode Marítima 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Pedro Lamares/ Ode Marítima 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Pedro Lamares/ Ode Marítima 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , Emília Silvestre (moderadora), Pedro Lamares (Leitura/ interprete ).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , Emília Silvestre (moderadora), Pedro Lamares (Leitura/ interprete ).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , Emília Silvestre (moderadora), Pedro Lamares (Leitura/ interprete ).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Pedro Lamares/ Ode Marítima 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Daniel Silva/ "Vida e Obra de um Homem mais ou menos Apresentável" 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Daniel Silva/ "Vida e Obra de um Homem mais ou menos Apresentável" 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Daniel Silva/ "Vida e Obra de um Homem mais ou menos Apresentável" 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Daniel Silva/ "Vida e Obra de um Homem mais ou menos Apresentável" 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Daniel Silva/ "Vida e Obra de um Homem mais ou menos Apresentável" 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Daniel Silva/ "Vida e Obra de um Homem mais ou menos Apresentável" 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Daniel Silva/ "Vida e Obra de um Homem mais ou menos Apresentável" 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Daniel Silva/ "Vida e Obra de um Homem mais ou menos Apresentável" 

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , João Castro (moderador), Daniel Silva (Ator ) e Pedro Galiza ( Texto e encenação).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , João Castro (moderador), Daniel Silva (Ator ) e Pedro Galiza ( Texto e encenação).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , João Castro (moderador), Daniel Silva (Ator ) e Pedro Galiza ( Texto e encenação).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , João Castro (moderador), Daniel Silva (Ator ) e Pedro Galiza ( Texto e encenação).


POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , Helena Machado (moderadora), Ivo Alexandre (Ator  e encenador), Anabela Faustino ( atriz)  e Jacinto Lucas Pires (Texto/Tradução).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , Helena Machado (moderadora), Ivo Alexandre (Ator  e encenador), Anabela Faustino ( atriz)  e Jacinto Lucas Pires (Texto/Tradução).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , Helena Machado (moderadora), Ivo Alexandre (Ator  e encenador), Anabela Faustino ( atriz)  e Jacinto Lucas Pires (Texto/Tradução).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Ivo Alexandre/ Peça para duas Personagens

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Anabela Faustino/ Peça para duas Personagens

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Anabela Faustino / Peça para duas Personagens

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Ivo Alexandre e Anabela Faustino/ Peça para duas Personagens

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , Helena Machado (moderadora), Ivo Alexandre (Ator  e encenador), Anabela Faustino ( atriz)  e Jacinto Lucas Pires (Texto/Tradução).

POÉTICA DA PALAVRA | ENCONTROS DE TEATRO 2019
Casa das Artes de Famalicão
Conversa- Álvaro Santos ( diretor da Casa das Artes) , Helena Machado (moderadora), Ivo Alexandre (Ator  e encenador), Anabela Faustino ( atriz)  e Jacinto Lucas Pires (Texto/Tradução).
OBRIGADO !