quinta-feira, 29 de junho de 2006

Coco Rosie (EUA) em Famalicão


Indie-folk-tronic

3 JULHO, segunda, 22h00, grande auditório.

É estranho, belo e esquizofrénico......

As palavras bonitas e melancólicas encontram-se envolvidas numa mistura de sons de panelas, cantar de pássaros e ruídos de automóveis....


www.tgrec. com/hijk/pub/cocorosie/TG281-NoahsArk/ www.Cocorosieland.com

4 comentários:

mademoiselle rouge disse...

omfg!

como é que eu só soube disto hoje? como?! tenho que ir tenho que ir!!!

Anónimo disse...

um concerto tão bom qt este devia estar mais divulgado!

Anónimo disse...

eu só soube mesmo no dia, porque vim por acaso ao blog.
mesmo assim, só tinham feito o post na quinta... acho que deviam avisar com mais antecedencia, porque fazem concertos muito fixes, mas é díficil ir de Coimbra para Famalicão assim em cima da hora.

de qualquer maneira, parabens pelo dinamismo. o concerto foi muito bom.

Fernando disse...

O concerto foi muito bom, não fazia a minima ideia de como as irmâs Cassidy, iriam transportar para uma actuação ao vivo, as musicas que gravam, mas o resultado foi supreendentemente bom!

Ao contrário da organização, que para além das observações feitas acima, uma divulgação mutio em cima da hora. O espectáculo começou com mais de meia hora de atraso, sem qualquer tipo de explicação, justificação ou pedido de desculpas... para não dizer que é um desrespeito pelo público, digamos que é pura falta de consideração.

Num espectáculo classificado no bilhete como sendo para Maiores de 18, lá estavam crianças com menos de dez anos, se não vão cumprir regras não as elaborem.

Ainda, não tenho a certeza o que diz a legislação, mas a quantidade de fumo presente dentro do edificio é um exagero. se a legislação dita que neste tipo de equipamento é proibido fumar, deveria fazer cumprir legislação, começando por eliminar os cinzeiros... se não é proibido, pelo menos coloquem uma exasutam decente...é impossivel esperar meia hora dentro de um espaço com um ambiente desses.

Por ultimo, isto pode parecer um comentário queixoso, mas não é essa a intenção... A Casa das Srtes de Famalicão tem tido uma programação impecável, com iniciativas que fazem invejar muitas salas de espectaulos por esse pais fora. No entanto, as actividades culturais, não se resumem ao evento. O espaço fisico e o ambiente criado nos espaços de espera, os horários escolhidos e a gestão do público são essenciais para transformar um espectáculo num serão apetecivel.