domingo, 25 de março de 2007

“SUA EXCELÊNCIA, O CANDIDATO” com Reynaldo Gianecchini, o galã brasileiro da actualidade. Estreia nacional


Teatro comédia
18 a 21 de Abril, quarta-feira a Sábado, 21h30, Grande Auditório.
Entrada: 20 euros
M/12
Duração 90 m

Vinte anos após a sua estréia em São Paulo, Sua Excelência, o Candidato, a comédia política de Jandira Martini e Marcos Caruso, retorna aos palcos trazendo o astro Reynaldo Gianecchini como o atônito e encantador Orlando, o despreparado candidato a um cargo eletivo, a montagem dirigida por Alexandre Reinecke, tem ainda no elenco Norival Rizzo, Wilson de Santos, Paulo Coronato, Tania Casttello, Lara Córdula e Massayuki Yamamoto.

A peça desvenda os bastidores da politicagem brasileira, expondo a verdadeira face do poder. Sua Excelência, o Candidato estreou em 1985 e ficou quatro anos em cartaz, garantindo a Jandira e Caruso o Prêmio Molière de melhor autor de 1986, na primeira vez em que o troféu foi entregue a autores de comédia.


O conflito central envolve um jovem candidato a um cargo público, Orlando (Reynaldo Gianecchini), cuja amante, Laura (Lara Córdula) é esposa de Ezequiel (Paulo Coronato), o chefe político que será responsável pela sua escolha. Junte-se a isso uma mãe solteira, Marli (Tânia Casttello) que dez anos depois de conceber vem reclamar seus direitos do pai da criança, o possível candidato. Para culminar, acrescente-se um porta-voz bajulador, Atos (Norival Rizzo), um mordomo-travesti, Eurípedes (Wilson de Santos) e um japonês, Kagashima (Massayuki Yamamoto), líder sindical dos hortifrutigranjeiros de Cotia.

– Ficha Técnica

Texto de Jandira Martini e Marcos Caruso / Elenco: Reynaldo Gianecchini, Norival Rizzo, Wilson de Santos, Paulo Coronato, Roseli Silva, Lara Córdola e Massayuki Yamamoto / Direção: Alexandre Reinecke / Assistente de direção: Vera Mancini / Cenografia: Fábio Brando / Figurinos: Susana Saldanha / Iluminação: Mario Martini / Programação Visual: Marcelo Aflalo / Fotografia: Paulo Torma/ Direção de Produção: Renata Alvim / Realização: Cult Empreendimentos

2 comentários:

Anónimo disse...

Opa achei teu blog pelo google, tá bem interessante. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.

Nídia disse...

O espectáculo, passando a redundância, foi um ESPECTÁCULO!!!
O Gianecchini é realmente um homem bonito!, mas a peça é para todos, não só para as senhoras!!
É de se tirar o chapéu ao actor Wilson de Santos que, não menosprezando a veia humorística dos restantes actores, deu show! Foram umas horas muito bem passadas, com imensas gargalhadas e um argumento deveras bem escrito.
Muito parabéns por terem sido responsáveis pela estreia da peça no nosso país!