quarta-feira, 22 de março de 2006

Humor e inteligência qb


ENCLAVE Dance Company
A FARRA (BE)
24 MARÇO sexta 21.30 grande auditório
Entrada: 8 euros
www.enclaveinn.be
“A Farra” é uma das mais espectaculares e interessantes produções europeias recentes. Um grupo de magníficos intérpretes, músicos, bailarinos, actores e cantores apresenta-se em palco, num divertido mas inteligente espectáculo. Loucos, delirantes e apaixonados, este grupo de profissionais dá tudo o que tem, entrega-se de corpo e alma ao espectáculo e oferece-nos algo de precioso: a festa, “a farra”, o prazer de comunicar a sua própria paixão pela arte do espectáculo. Esta criação do coreógrafo espanhol Robert Olivan, produzida em colaboração com a HET NET & Concertgebouw, da cidade belga de Brugge, e pelo Teatro Mercat de Les Flors, de Barcelona, anda à volta da ideia de celebração. Sobre o espectáculo, o coreógrafo explica que “como mediterrânico tenho uma visão muito particular do que significa uma festa. Cada grupo étnico ou religião tem a sua forma peculiar de celebração de um importante evento. E é essa diferença que me fascina”. “A Farra”, ou melhor dizendo “A Festa”, é um espectáculo que exalta a celebração do prazer e do divertimento, uma performance que nos faz sorrir e nos envolve. Um exercício de imaginação, uma pausa, um momento para divertir e festejar. Para Roberto Olivan “divertimento é o que realmente dá um sentido positivo à vida. Por essa razão eu faço a aproximação a “A Farra” através da alegria. Um pequeno momento de gratidão. Uma pausa no barulho violento das máquinas de fazer dinheiro. Uma brisa fresca que oferece oxigénio à nossa imaginação por um instante que seja”. Segundo o crítico do jornal “La Vanguardia”, Joaquim Noguera, trata-se de “uma viagem plena de humor e com uma capacidade imensa de divertimento e jogo. “A Farra” é uma espécie de mistura entre uma viagem mágica e um documentário criativo”. Absolutamente único e imperdível.

1 comentário:

lukInhaS* disse...

inexplicavelmente LINDOO!!! amei! foi sempre a rir... aqueles multiartistas excentricos fizeram da noite um verdadeiro espetaculo cheio de cor, musica, comedia, rebuçados e suor! magico.. transmitiram a 100% a alma, o espirito do artista, aquele que nao se inibe perante nenhuma monstruosa plateia, que aproveita o seu proprio papel entregando-se por completo, desempenhando-o de corpo e alma, libertando o corpo e os seus movimentos e confiando-os ao som da musica e ao momento..
de parabens... sem duvida que estao! VIVA À BELGICA! VIVA AOS BELGAS! (lol)
so resta à casa das artes continuar a promover espectaculos deste nivel..
p&L*