sexta-feira, 5 de setembro de 2008

TANGO QUATTRO e os dançarinos Julio Luque y Veronique Guide

Tango Argentino /música e dança

3 de Outubro, sexta-feira, 22h00, Grande Auditório
Entrada: 10 euros
M/3
Duração:90 m

Este grupo de música da Argentina que vive em Madrid, tem doze anos de existência.
O que inicialmente foi um projecto artístico transformou-se numa forma de manter viva a própria cultura e numa necessidade de reafirmar a própria identidade, essencialmente num grupo de amigos.
O Tango Quattro destaca a sonoridade do autêntico tango que estes músicos conheceram desde a sua infância, um tango que expressam com vigor e a personalidade de um estilo inconfundível, nunca afastado das raízes do tango e baseado em arranjos e adaptações próprias.
O seu repertório inclui todos os estilos, desde La Guardia Vieja até Piazzolla, passando por Troilo, Salgán, Pugliese, Plaza e outros grandes maestros do tango, os quais são absolutamente fiéis, estilisticamente falando.
O Tango Quatro realizou concertos e espectáculos em praticamente todas as salas e teatros de Espanha, assim como em diversos países europeus e americanos, sendo destacável o êxito obtido no Festival Internacional “Paris Banlieues Tango” tanto na edição de 2004 como de 2005.
São três os trabalhos discográficos do Tango Quatro “Fin de Siglo”, “Tango Che Passione” (Italia) e “El Arte del Tango”, este último nomeado para os PREMIOS DE LA MÚSICA 2001 (AIE-SGAE) nas categorias de Melhor Álbum, Melhor Álbum de Música Tradicional-Folk e Melhor Técnico de Som. Também realizaram um vídeo-clip e um documental sobre a sua trajectória para a corrente Argentina Solo Tango.
Criadores do espectáculo de música e dança “El Arte del Tango”, actualmente em tournée por Portugal e a Rede de Teatros da Comunidade de Madrid acompanharam, entre outros, Nacha Guevara no seu espectáculo “Y en el 2000 también” apresentado em Espanha e na América Latina, e Joaquín Sabina na “Homenaje a Enrique Santos Discépolo” com arranjos musicais do próprio grupo.
O espectáculo ESTACION TANGO merece uma menção especial, uma grande produção que bateu todos os recordes de permanência em cartaz espanhol, no que diz respeito a espectáculos de tango, quatro meses no Teatro Infanta Isabel de Madrid e quatro anos em tournée por toda a Espanha.

Ezequiel Cortabarría - Flauta
Fabián Carbone - Bandoneón
Mario Soriano - Piano
José Luis Ferreyra - Contrabaixo
Adrián Rodríguez. - Violoncelo

Dançarinos – Julio Luque y Veronique Guide

2 comentários:

Banderas disse...

Tango,eu comparo o tango,musicalmente como dançado, a arte de ser um estilo duplo representativo e um misto de teatro dançado e uma melodia intensa pela sua forte interiorisação. Quando se funde a musica com a dança, principalmente no tango, é uma peça de teatro intensa para o espectador. é de louvar A Casa das Artes convidar quem gosta e desafia quem menos gosta, ver este misto de emoções.

Um simples, amante desta arte,

"Banderas"

Anónimo disse...

eu estive lá e assiti!!!
foi lindo!!!!!!!!!
parabéns aos organizadores do evento!